Translate

sábado, 19 de dezembro de 2015

Florbela Espanca

PENSAMENTO

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Morremos aos poucos

Quando estou triste e perdida fico no meu canto com lágrimas a consolar-me e preencher os vazios. Passa o tempo, as faltas ficam, os hábitos entram na rotina e morremos mais um pouco.
 1Sim, a vida é mesmo assim, morremos aos poucos...