Translate

quarta-feira, 30 de abril de 2014

AGUARELA!

No sonho era assim!
Árvores de brancos tons

Foto: No sonho  sonhoeea assim

e de brisa a acariciar  os troncos pardos...
Sonhei e aguarela surgiu

PENSAMENTO

Foto: #fato

terça-feira, 29 de abril de 2014

VASCO GRAÇA MOURA


PASTORAL DA CULTURA
Em memoria de Vasco Graça Moura
É alguem  que ensinaUm poeta é algué a ver
O que é um poeta na terra? É alguém que ensina a ver. Alguém que não se conforma que o olhar dos homens fique capturado pelo breu, pela desesperança ou pelo medo. É alguém que nos infernos e purgatórios da história rasga saídas criativas, fendas para olhar mais longe, miradouros debruçados sobre um futuro outro, capaz de estilhaçar a fatalidade. Claro que a matéria de trabalho de um poeta é a palavra. Mas a palavra não é só palavra: é sede, é desejo de comunicar, é mergulho na realidade para a compreender melhor, é a sabedoria de perceber que o visível é também um signo do invisível e que não se pode separar o audível do inaudível, a palavra do silêncio. 
soneto do amor e da mortequando eu morrer murmura esta canção 
que escrevo para ti. quando eu morrer 
fica junto de mim, não queiras ver 
as aves pardas do anoitecer 
a revoar na minha solidão. 

quando eu morrer segura a minha mão, 
põe os olhos nos meus se puder ser, 
se inda neles a luz esmorecer, 
e diz do nosso amor como se não 

tivesse de acabar, sempre a doer, 
sempre a doer de tanta perfeição 
que ao deixar de bater-me o coração 
fique por nós o teu inda a bater, 
quando eu morrer segura a minha mão. 

Vasco Graça Moura, in "Antologia dos Sessenta Anos"

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Ana Moura - Desfado

25 DE ABRIL

Foi um sonho lindo !


Revolução de 25 de Abril, conhecida
, efetivamente, como Revolução dos
 cravos1 , refere-se a um período da
 história de Portugal resultante de um
 movimento social, ocorrido a 25 de
 abril de 1974, que depôs o regime
 ditatorial do Estado Novo2 , vigente
 desde 1933 , e iniciou um processo
 que viria a terminar com a implantação de um regime democrático e com a entrada em
 vigor da nova Constituição a 25 de abril de 1976, com uma forte orientação socialista na
 sua origem.4 5 6

Esta ação foi liderada por um movimento militar, o Movimento das Forças Armadas (MFA),
 que era composto na sua maior parte por capitães7 que tinham participado na Guerra Colonial
 e que tiveram o apoio de oficiais milicianos1 . Este movimento surgiu por volta de 1973,
 baseando-se inicialmente em reivindicações corporativistas como a luta pelo prestígio das
 forças armadas8 , acabando por se estender ao regime político em vigor.
. Com reduzido poderio militar e com uma adesão em massa da população ao movimento,
 a resistência do regime foi praticamente inexistente e infrutífera, registando-se apenas 4 civis
 mortos e 45 feridos em Lisboa pelas balas da DGS10 .

quarta-feira, 23 de abril de 2014

CAFÉ DA MANHÃ






Os cheiros da manhã ...os meus cheiros a café com leite,
 o pão de centeio, ligeiramente aquecido e bem barrado
 de marmelada, bem gostoso e se espalha pela casa toda,
 me embala e enternece em recordações que tão depressa
 me parece que foi ontem, como me parece que foi numa
 outra exestência ! Vive-se a vida em vidas recortadas, em
 horas perdidas, achadas em tempos recordados e felizes..
.(agora sei, eram felizes!)

sexta-feira, 18 de abril de 2014

VIA SACRA

Fugi dos sonhos,sem querer, fugi de mim por querer...e sofro.
Esperando o resto, que há-de vir, a incerteza, as limitações,
 as tristezas, as dores desnecessárias...também não é necessário,
 comer amêndoas em correria mas vingo-me ...
As pessoas normais foram à "via sacra" e não comem "doces"
na quaresma. A "minha via sacra, já é via sacra!«" à muito
tempo!

quinta-feira, 10 de abril de 2014

quarta-feira, 9 de abril de 2014

UM POUCO DE MIM!

Em Barcelona vivi e os meus sonhos ficaram  por lá!
Uma ruela esperando por mim! Será?

segunda-feira, 7 de abril de 2014

ROSEIRAL!

Foto: As rosas  já abriram

Gostaram do sol as minhas rosas! Vieram os botoês, começaram a espreitar!
Desabrochar enleadas entre uma folhagem espelhada...são seda!!

domingo, 6 de abril de 2014

Ser Feliz...

SOL!!!!



Domingo á tarde, sol inteiro, quente, a entrar pelas janelas!
 Que bom apetece guardar, em gavetas, baús, em bolsos,
 na alma...depois desta chuva com tudo regato, tudo ensopado,
 tudo bafiento...é a vez do sol brilhar, as folhas verdes, tenras,
 novas!



 Os insectos acordam...chateiam...
enfeitam as borboletas de flor em flor!
 Temos sol!!!
 Sol numa tarde de domingo,
 maravilhoso SOL!!!

quinta-feira, 3 de abril de 2014

A minha varanda



A varanda que muitas vezes serve "palco" ás minhas tristezas....
ás minhas risádas quando sou espectadora das brincadeiras das crianças

Passaram sonhos...
passaram "quimeras" passaram visões...



passou a vida...
o que irá passar mais?

quarta-feira, 2 de abril de 2014

POR AÍ

Quero uma calma que não tenho, que aparento ter,
 uma espera de um não sei de quê..
.é um vácuo de vida..
.um vácuo de querer ou não querer..
.é loucura igual ao
 pedaço de vida normal! Tão igual à
 loucura de um louco..
.que sou.
Ando por aí, sem caminho,sem sabor,
 sem sal...