Translate

quarta-feira, 22 de maio de 2013

SER CRISTÃO


Ser cristão é entrar noutro mundo
Ser cristão é sair da calha social. Sempre o foi. Quando vivemos a fundo a verdade da Fé, entramos num mundo um pouco estranho. Num outro mundo do mundo. Um cristão a sério, um cristão a fundo, torna-se uma pessoa inquietante. Se isto não acontece, é simplesmente porque muitos de nós vamos vivendo o nosso cristianismo a meio gás: praticamos a nossa fé a 50, a 20, a 10 por cento. Assumimos um cristianismo que, no fundo, não passa de um resíduo de si mesmo. Em certo sentido, é compreensível que assim seja: porque é complicado dar o salto decisivo. Nem toda a gente consegue assumir a solidão e o risco necessários para proceder a essa rutura, a essa metamorfose. Contudo, é por esse caminho de perigos que se espreita a felicidade.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir