Translate

domingo, 30 de dezembro de 2012

NA NEVE

Demá dilluns 31 BAIXADA DE TORXES!! // Mañana Lunes 31 fin de año BAJADA DE ANTORCHAS!! // Tomorrow day 31 TORCH LIGHT DESCENT!! 19:00 hs sector SOLDEU!!
Minha querida até me assustei!!!
Pensar que a minha querida neta vinha por aqui...
Não é facil !!! ser avó desta neta "voadora"!!
Meu amor,tem cuidado...estás a "voar" muito...a avó..
Tem mais chão,só chão e esta montanha,é de mais
Pensar eu, eskiando tu...sé feliz!!

Bethania - Poema do Menino Jesus - Fernando Pessoa


sábado, 29 de dezembro de 2012

PARABENS!!!!

Depois da tempestade vem a bonança!!!
A minha tristeza ,não chegou a ser tempestade e,a bonança
não chegou a ser bonança!!!

Foi um dia bem passado com a
minha amiga que me adotou ,
como mãe!  É uma situação pouco
 comum,mas é linda!
Comemerou o aniversario,
,juntou amigos e familiares..
.no fim do almoço tivemos
champanhe e um lindo,gostoso bolo!!!

PARABÉNS!!!!!

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

PORQUÊ?

Fiquei triste...esta tarde fui dar com a minha mãe a enrolar o cachecol...
a procurar "nada"..alheia! Fiquei triste,com uma mágoa,uma perda....
uma mudança...a minha mãe tão bonita! tão destoada! Será ,daqui para
 a frente,um rosário de penas,de penas doloridas que eu temo...que me doi

já está a doer!Porquê?

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

O PODER DAS PALAVRAS!!!!

O pudor aflige a palavra amante, a qual, ao contrário do que acontece
 nas demais línguas indo-europeias, não tem em Portugal o sentido simples
 e bonito de «aquele que ama, ou é amado». Diz-se que não sei-quem é
 amante de outro, e entende-se logo, maliciosamente, o biscate por fora,
 o concubinato indecente, a pouca vergonha, o treco-lareco machista da
 cervejaria, ou o opróbio galináceo das reuniões de «tupperwares» e de
 costura.
Amoroso não significa cheio de amor, mas sim qualquer vago conceito
 a leste de levemente simpático, porreiro, ou giríssimo.
 Quem disser «a minha amada»
 — ou, pior ainda, «o meu amado»  arrisca-se a não chegar ao fim da frase,
 tal o intenso e genuíno gáudio das massas auditoras em alvoroço.
 Amável nunca quer dizer «capaz de ser amado», e, para cúmulo, utiliza-se
 quase sempre no pretérito («Você foi muito amável em ter-me convidado
 para a inauguração da sua Croissanterie»).
 Finalmente um amor é constantemente aviltado na linguagem coloquial
, podendo dizer-se indistintamente de escovas de dentes, contínuos que
 trazem os cafés a horas, ou casinhas de emigrantes
. (O que está a acontecer com o adjectivo querido constitui, igualmente,
 uma das grandes tragédias ....."
·
  •  
    .
  •  


     



terça-feira, 25 de dezembro de 2012

O MEU DIA!!

Nada nem ninguem me aparece!
Jesus nas palhinhas deitado...
São os pastores os primeiros a chegar...
Fazem me falta ...só faço besteiras! queimo o jantar,fundi
a lampada da minha secretária,sujei muito o fogão....
Não vi os meus "meninos"!Falei com uma prima,a mãe apuntou
uma perna.
A cara metade ficou doente,depois de o serão de ontem!

Procurei uma "coisa"que eu goste..., .
.

 

Van Gogh
Sua vida foi marcada por fracassos.
 Ele falhou em todos os aspectos importantes para o seu mundo,
 em sua época. Foi incapaz de constituir família, custear a própria
 subsistência ou até mesmo manter contactos sociais.
 Aos 37 anos, sucumbiu a uma doença mental, cometendo suicídio.
A sua fama póstuma cresceu especialmente após a exibição das sua
s telas em Paris, a 17 de Março de 1901.
Van Gogh é considerado um dos pioneiros na ligação das tendências
 impressionistas com as aspirações modernistas, sendo a sua influência
 reconhecida em variadas frentes da arte do século XIX, como por
exemplo, o expressionismo, o fauvismo e o abstraccionismo.
O Museu Van Gogh em Amsterdã é dedicado aos seus trabalhos
 e aos dos seus contemporâneos.

 

E tudo porque não há frio...para saber bem o aconchego do calor...!!!!

NATAL



O Natal surge como o aniversário do nascimento de Jesus Cristo, Filho de Deus, sendo actualmente uma das festas católicas mais importantes.

Inicialmente, a Igreja Católica não comemorava o Natal. Foi em meados do século IV d.C. que se começou a festejar o nascimento do Menino Jesus, tendo o Papa Júlio I fixado a data no dia 25 de Dezembro, já que se desconhece a verdadeira data do Seu nascimento.


Uma das explicações para a escolha do dia 25 de Dezembro como sendo o dia de Natal prende-se como facto de esta data coincidir com a Saturnália dos romanos e com as festas germânicas e célticas do Solstício de Inverno, sendo todas estas festividades pagãs, a Igreja viu aqui uma oportunidade de cristianizar a data, colocando em segundo plano a sua conotação pagã. Algumas zonas optaram por festejar o acontecimento em 6 de Janeiro, contudo, gradualmente esta data foi sendo associada à chegada dos Reis Magos e não ao nascimento de Jesus Cristo.


O Natal é, assim, dedicado pelos cristãos a Cristo, que é o verdadeiro Sol de Justiça (Mateus 17,2; Apocalipse 1,16), e transformou-se numa das festividades centrais da Igreja, equiparada desde cedo à Páscoa.

Apesar de ser uma festa cristã, o Natal, com o passar do tempo, converteu-se numa festa familiar com tradições pagãs, em parte germânicas e em parte romanas.Feliz Natal!!


Sob influência franciscana, espalhou-se, a partir de 1233, o costume de, em toda a cristandade, se construírem presépios, já que estes reconstituíam a cena do nascimento de Jesus. A árvore de Natal surge no século XVI, sendo enfeitada com luzes símbolo de Cristo, Luz do Mundo. Uma outra tradição de Natal é a troca de presentes, que são dados pelo Pai Natal ou pelo Menino Jesus, dependendo da tradição de cada país.

Apesar de todas estas tradições serem importantes (o Natal já nem pareceria Natal se não as cumpríssemos), a verdade é que não nos podemos esquecer que o verdadeiro significado de Natal prende-se com o nascimento de Cristo, que veio ao Mundo com um único propósito: o de justificar os nossos pecados através da sua própria morte. Nesses tempos, sempre que alguém pecava e desejava obter o perdão divino, oferecia um cordeiro em forma de sacrifício. Então, Deus enviou Jesus Cristo que, como um cordeiro sem pecados, veio ao mundo para limpar os pecados de toda a Humanidade através da Sua morte, para que um dia possamos alcançar a vida eterna, por intermédio Dele, Cristo, Filho de Deus.


Assim, não se esqueçam que o Natal não se resume a bonitas decorações e a presentes, pois a sua essência é o festejo do nascimento Daquele que deu a Sua vida por nós, Jesus Cristo.



Voltar à página anterior

 

sábado, 22 de dezembro de 2012

SOLIDÃO

A tortura acompanha-me....durante o dia
Durate a noite,á analgesico meu amigo!!
De dia á as paredes é o limite compensado
O chocolate amargo como a vida ...toldame
O chocolate prienche a triste tarde sem sol
É café segunda companhia e ,não quero mais
A escrita á toa,que não diz nada...a solidão...
Que á dias é maior,maior,maior...sem razão
Os dias tem a mesma conta de horas sem fim
Não há compras...não há sol...não há crianças...
Papeis na minha secretaria que não dissem nada
Tristes papeis,triste leitura... contas , ninguem
 gosta ,nem eu!
Ao fim
do dia...vem a bendita noite,sonhada!

NATAL

Para haver Natal este natal
Para haver Natal este natal
talvez seja preciso reaprendermos
coisas tão simples!
Que as mãos preocupadas
com embrulhos
esquecem outros gestos de amor.
Que os votos rotineiros que trocamos
calam conversas que nos fariam melhor.
Que os símbolos apenas se amontoam
e soltam uma música triste
quando já não dizem
aquela verdade profunda.
Para haver Natal este natal
talvez seja preciso recordar
que as vidas começam e recomeçam
e tudo isso é nascimento (logo, Natal!).
Que as esperanças ganham sentido
quando se tornam caminhos e passos.
Que para lá das janelas cerradas
há estrelas que luzem
e há a imensidão do céu.
Talvez nos bastem coisas afinal
tão simples:
o alento dos reencontros
autênticos,
a oração como confiança
soletrada,
a certeza de que Jesus nasce
em cada ano,
para que o nosso natal alguma vez, esta vez,
seja Natal.
P. José Tolentino
      

DESESPERO QUE TENHO......


quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

NATAL DE AMOR!!!!

Mais uma vez a comoção tomou conta de mim...a mente fica bloquiada
O Natal é uma festa de Amor,é uma comemeração do nascimento do Menino-Deus!!!
E nós como festejamos ? Como é a nossa Consoada?
Enfrascamos de doces e fritadices até não poder mais!!
Meu Deus!Que barbaridade,não vimos quem e como vivem quem está "perto"de nós!!
Á crianças caranciadas a dois passos,á mães completamente "loucas"tál é a depressão!
O que aconteceu ontem...foi o rescaldo desgraçado de muitos dias,muitas noites de
loucura....uma mãe fechou duas crianças de trés e um ano,largou o fogo ao sofá e fugiu!!
Claro que as crianças morreram sofocadas e a mãe,a desgraçada foi presa...
Ouvimos e doi tanto!!e quem tem culpa? nós que não temos depressões?? mas para lá
iremos!! a troika?Eu, não saindo á rua(não posso) vou sofredo os meus malades....mas
comparando ainda sofro mais,muito mais ouvindo como vai este podre mundo! E este
Natal de amor...de Dor!!!

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Pablo Alborán - El Beso (Acústico)


UMA ESTRELA!!!!



Que a Tua estrela nos encontre disponíveis
para a viagem
mesmo sem que percebamos tudo

Que o seu brilho nos torne pacientes
com as coisas não resolvidas do nosso coração
e nos ajude a amar as difíceis questões
que por vezes a noite, por vezes o dia
segredam pelo tempo fora

Que a Tua estrela nos faça reconhecer
que nunca é tarde
para que se tornem de novo ágeis e sonhadores
os nossos passos cansados
pois nós próprios nos tornamos em estrelas
quando arriscamos perpetuar
a Tua luz multiplicada

 
Uma poesia que não podia deexar de publicar...acheio por aí
É de José Tolentino o padre que é poeta.

UM MITO,UM REI!!!!

«Deus abandonou a sua glória e veio até mim. / Viveu entre tipos insignificantes como eu /
 Por mim, e em meu lugar, entregou-se / tomando sobre si vergonha e humilhação.
/ Perante atenções tais dou comigo a pensar: / Quem sou eu? /
 Se um Rei derramou o seu sangue por mim. / Quem sou eu? /
 Ele rezou toda a noite por mim».
 Não, não foi um autor espiritual quem assinou estes versos dedicados ao tema
 teológico da Incarnação.
 Talvez constitua uma surpresa, mas estes versos fazem parte do reportório de um mito
 (e não apenas americano) do rock’n roll, Elvis Presley, morto há mais de trinta anos,
 mas que continua a ser celebrado, amado e até idolatrado. O seu universo poético e
 musical não unia apenas transgressões exasperadas, convenções e esteriótipos,
 protesto e felicidade rápida, mas combinava também o country branco com
 o rythm and blues negro, cujos temas tinham frequentemente uma espessura espiritual.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

NERUDA

A ALEGRIA.....


De onde podemos esperar a alegria?Poetas, artistas, pensadores, homens e mulheres simplesmente disponíveis a alguma certa luz interior puderam, antes da vinda de Cristo, e podem nos nossos dias, experimentar de alguma maneira a alegria de Deus. Mas como não ver ao mesmo tempo que a alegria é sempre imperfeita, frágil, quebradiça? Por um estranho paradoxo, a mesma consciência do que constitui a verdadeira felicidade, para além de todos os prazeres transitórios. compreende também a certeza de que não há felicidade perfeita. A experiência da finitude, que cada geração vive, obriga a constatar e a sondar a distância imensa que separa a realidade do desejo de infinito. Este paradoxo e esta dificuldade de alcançar a alegria parece-nos especialmente prementes nos nossos dias. A sociedade tecnológica conseguiu multiplicar as ocasiões de prazer, mas considera muito difícil conceber a alergia. Porque a alegria tem outra origem. É espiritual.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Visite-nos,Senhor...


Visite-nos, Senhor, a Tua alegria.
Seja ela o dom que sustém esta hora da nossa vida.
Tenha o poder de reedificar, em nós, o caído,
de aclarar a tenda que a noite atribulou,
de unir aquilo que a pressa ou o cansaço interromperam.

Seja ela o sinal da leveza com que nos vês,
a carícia que nos estendes no tempo,
o assobio do Pastor que inaugura as tréguas.

Dá-nos Senhor, neste tempo,
a alegria como alento revitalizador:
inscreva ela em nós o sabor da vida abundante e multiplicada;
perfume cada um dos nossos gestos;
traga às nossas palavras a luz daquela estrela
que o Teu Nascimento para sempre acendeu.

Que o Teu Nascimento inspire cada um dos nossos renascimentos
Que a Tua presença, nos ensine o que significa tornar-se presente
E o dom que fazes de Ti, nos ajude a tecer a vida
como quem entretece uma história de amor.

Pe. José Tolentino de Mendonça

 

Oração da manhã

"O HOBBIT"

Passam nove anos desde que a trilogia “Senhor dos Anéis” estreou o último episódio em Portugal.
 A obra do escritor sul africano John Ronald Reuel Tolkien, que apaixona gerações desde a década
 de 50, conquistou uma vasta quantidade de público e de crítica graças à adaptação cinematográfica dirigida por um mestre do cinema fantástico, Peter Jackson, e a sua equipa.
 Sobejamente aguardado, chega agora às salas de cinema o primeiro de três novos episódios da
 obra que justificou a reunião da irmandade do anel: “O Hobbit”, publicado em 1937.
 Visto em 3D, “O Hobbit – Uma Viagem Inesperada” é um entusiasmante regresso ao espírito venturoso de Tolkien e à sobeja riqueza simbólica das suas criações, onde o Bem e o Mal se confrontam num combate protagonizado não por heróis com super poderes, nem pelo recurso
 à magia, mas por gente que de pequena, simples e humilde se faz grande: desacomodando-se
 Fotograma
 pela defesa do Bem, não em causa própria mas comum - o direito de outro povo à sua terra.
"O Hobbit" estreia em Portugal esta quinta-feira, 13 de dezembro.ela defesa do Bem, não em causa própria mas comum – o direito de outro povo à sua terra.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

PASTORAL DA CULTURA

«É importante saber: eu posso sempre continuar a esperar,
 ainda que pela minha vida ou pelo momento histórico que
 estou a viver aparentemente não tenha mais qualquer motivo
 para esperar. Só a grande esperança-certeza de que, não
obstante todos os fracassos, a minha vida pessoal e a história
 no seu conjunto estão conservadas no poder indestrutível
 do Amor e, graças a isso e por isso, possuem sentido e
 importância, só uma tal esperança pode, naquele caso, dar
 ainda a coragem de agir e de continuar»: palavras de Bento XVI
 na encíclica “Spe salvi”. E ao deixar Portugal, a 14 de maio de 2010,
 o papa deixou o convite: «Continuemos a caminhar na esperança».
Um apelo que recordamos neste Advento, talvez o tempo litúrgico
 onde mais se acentua a espiritualidade da espera. A psicóloga
 Helena Marujo e o teólogo católico João Manuel Duque consideram
 que cultivar a esperança é uma atitude essencial para resistir às
 consequências da crise económica, sustentar a confiança e
 acolher o Natal.

Hoje é dia 12.12.2012, data prevista em alguns círculos para o fim do mundo.
 Na Bíblia, onde os números têm significados que diferem do aritmético e
 oferece, um alcance que não tem qualquer relação com a quantidade que
 representam, que interpretações são dadas ao 12? «O 12 é o número da
 universalidade. Por isso é que no Evangelho de S. Lucas, no capítulo 10,
 se diz que havia não apenas 12 discípulos mas mais» [72], explicou o
biblista Joaquim Carreira das Neves ao Secretariado Nacional da
 Pastoral da Cultura.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

A manhã começa ás 11...depois tem uma neblina cativante,
com o sol branco,vai ganhando cor,á medida que os raios
 salpicam de um calor frio,nesta manhã de Dezembro.
Depois de um duche quente até queimar na terapia ideal para
a gripe,um relaxe que faz falta...
.Faz-me apetecer espraguiçar...não pensar em nada,nem  a gripe
que me assola, me chateia,nem noite mal dormida,com a cabeceira
alta...com o nariz tapado,com o calor peganheiro da temperatura alta
,com os sonhos delirantes,pesadelos parecidos com filmes de terror.
As vezes ,wquantas vezes...a cabeça rola na almofada,é um labirento
que não tem saída...
Á parte da gripe,á outras coisas,que vão mexendo,que vão moendo,
que vão doendo e não para,de noite,de madrugada, de dia..
.ao meio do dia,mesmo que seja um dia adocicado,lindo...por acabar.
São dias iguais,mornos onde não acontece nada.
São dias frios onde apetece o aconchego da lenha trepicar na chaminé,
e uma escrita não tem nada para dizer...
Curta: POXA! Sai do meu Pensamento


#Por  Leandro Souzah ASSINA/ADD

domingo, 9 de dezembro de 2012

AS MÂOS DE DEUS!!!!!

Era uma vez...é assim que começam as istórias!
A minha istória acaba bem,porque nem sempre são como
nós as sonhamos.
No principio do ano comecei a ter problemas com os meus
olhos,conjuntivites atrás das outras...usava lentes de contacto
desde os vinte anos,tinha uma míopia de desoito deopeterias.
Estava desesperada...dia a dia perdia a visão...os médicos
,mandavam-me voltar daqui por um ano.
Tinha uma viagem marcada para Barcelona a 3 de Novembro
e,uma consulta no dia 5...faleceu o meu pai a 2,perdi o vôo,
mas "voei"a 4 e fui vista pelo médico a 5 como estava previsto.
No"  INSTITUTO DE MICROCIRUGIA OCULAR"fui bem
atendida,tão bem,que me operaram no dia 8 ao meio dia...vim
almoçar a casa e radiante já ver muito bem do olho direito,
o operado e o que estava quase cego. Passado trés dias,foi a
segunda intervenção,graças a Deus correu tudo muito bem!!
Até o drº David Elias,que me operou não esperava um exito
tão grande,foi um autetico milagre! as mâos de Deus atuaram
nas mâos do doutor David ELIAS....que Deus o ajude sempre....

sábado, 8 de dezembro de 2012

Á MÂE DE DEUS!!!

Neste mês dedicado ao Natal,é a Virgem uma figura premeite,sendo
a Mâe de Jesus,a venerada,a querida mâe de Deus..
.
8.12.2012
Ave, generosa, gloriosa e intacta virgem.
Tu pupila de castidade,
tu matéria santa,
que agradou a Deus.
Pois celeste graça
em ti foi infusa,
o Verbo celeste
fez-se carne em ti.
Tu cândido lírio,
que Deus mais que qualquer criatura
contemplou.
Ó belíssima e cheia de doçura,
quanto em ti Deus se deleitava,
quando te possuía
na amplidão do seu calor,
seu filho seria amamentado por ti.
Teu ventre provou grande alegria,
quando toda a sinfonia celeste
de ti ressoou,
pois, ó Virgem, transportaste o Filho de Deus,
enquanto em Deus tua castidade resplandecia.
Tuas vísceras provaram a alegria,
erva sobre a qual cai o orvalho,
e se lhe reaviva o vigor.
Assim também em ti se operou,
ó Mãe de toda a alegria.
Agora toda a Igreja esplenda de alegria
e cante em sinfonia
pela dulcíssima e louvável Virgem
Maria, Mãe de Deus. Amen
.
Santa Hildegarda de Bingen


 

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

A ESPERANÇA!

«A esperança cura, enquanto a desesperança adoece-nos»,
 considera o padre José Tolentino Mendonça, em entrevista
 publicada esta quarta-feira no “Destak”. «Devemos rezar
 para abrir o coração à vontade de Deus
Devemos rezar para abrir o coração à vontade de Deus.
 Rezar para viver bem em plenitude,
 todos os momentos da vida inclusivamente
os de contradição, de ferida, de doença, de crise. Rezar para
 que sejamos capazes de tirar partido desses momentos»,
 diz o diretor do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.
 O vice-reitor da Universidade Católica sublinha também que
 é preciso dar mais tempo ao encontro com outros e com Deus:
 «O nosso ativismo às vezes é uma barreira na relação.
 Precisamos de uma pedagogia da audição, de nos escutarmos
 mais uns aos outros: há demasiada vida calada, vida submersa».

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Linda Mensagem de Gandhi


CAI NEVE!







    
    COMO EU GOSTAVA QUE NA MINHA "TERRA" NEVASSE ASSIM!
    FAZIA "BONECOS"DE NEVE...ENRROLAVA UM CACHECOL NO  PESCOÇO.
    SONHAVA ESTAR NUMA CIDADE ENCANTADA,TODA BRANCA, LINDA...
    PROCURAVA AS MINHAS ÁRVORES PREFERIDAS,OS MEUS AMORES  PERDIDOS!
    EU QUERIA UMA NEVE FRIA...MACIA,ENVOLVENTE NA TORMENTA ...
     

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

O "MAIOR PRESÉPIO"...EM MOVIMENTO!!!

O «maior presépio do mundo em movimento» já recebeu 50 mil visitantes em S. Paio de Oleiros, concelho da Feira, onde em dois mil metros quadrados reúne cerca de sete mil peças montadas por mais de 30 voluntários. A estrutura, equipada com sensores de movimento, para as peças entrarem em funcionamento só quando há visitantes no recinto, começou a ser decorada em maio para que em novembro e dezembro não se verificassem percalços nas diferentes salas do percurso.



 intersante!!!
 

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

"ADVENTO"

Advento: tempo para acolher a presença
O significado da expressão "advento" inclui também o de visitatio que, simples e propriamente, quer dizer "visita"; neste caso, trata-se de uma visita de Deus: Ele entra na minha vida e quer dirigir-se a mim.
Na existência quotidiana, todos nós vivemos a experiência de ter pouco tempo para o Senhor e pouco tempo também para nós. Terminamos por ser absorvidos pelo "fazer". Não é porventura verdade que com frequência é precisamente a atividade que nos possui, a sociedade com os seus múltiplos interesses que monopoliza a nossa atenção? Não é talvez verdade que dedicamos muito tempo à diversão e a distrações de vários tipos? Às vezes, a realidade "arrebata-nos".
BENTO XVI 

domingo, 2 de dezembro de 2012

NASCER DE NOVO

PresépioEnganam-se os que pensam que só nascemos uma vez.
  Para quem quiser ver a vida está cheia de nascimentos.
Nascemos muitas vezes ao longo da infância
quando os olhos se abrem em espanto e alegria.
Nascemos nas viagens sem mapa que a juventude arrisca.
Nascemos na sementeira da vida adulta,
entre invernos e primaveras maturando
a misteriosa transformação que coloca na haste a flor
e dentro da flor o perfume do fruto.
Nascemos muitas vezes naquela idade
onde os trabalhos não cessam, mas reconciliam-se
com laços interiores e caminhos adiados.
Enganam-se os que pensam que só nascemos uma vez.
Nascemos quando nos descobrimos amados e capazes de amar.
Nascemos no entusiasmo do riso e na noite de algumas lágrimas.
Nascemos na prece e no dom.
Nascemos no perdão e no confronto.
Nascemos em silêncio ou iluminados por uma palavra.
Nascemos na tarefa e na partilha.
Nascemos nos gestos ou para lá dos gestos.
Nascemos dentro de nós e no coração de Deus.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

A NOSSA "CATEQUESE"

O método de Deus é o da humildade – Deus faz-se um de nós – é o método realizado na Incarnação na casa simples de Nazaré e na gruta de Belém, o da parábola do grão de mostarda. É preciso não temer a humildade dos pequenos passos e confiar no fermento que penetra na massa e lentamente a faz crescer.» «O nosso modo de viver na fé e na caridade torna-se um falar de Deus no hoje, porque mostra com uma existência vivida em Cristo a credibilidade, o realismo do que dizemos com as palavras, que não são só palavras, mas mostram a realidade, a verdadeira realidade. E nesta atitude devemos estar atentos a colher os sinais dos tempos na nossa época, discernindo as potencialidades, os desejos, os obstáculos que se encontram na cultura atual, em particular o desejo de autenticidade, o anseio à transcendência, a sensibilidade pela salvaguarda da criação, e comunicar sem temor a resposta que oferece a fé em Deus.» Como falar de Deus ao nosso tempo segundo Bento XVI.

SER FELIZ!

••>@[284951828281455:274:A Alma Sente]<•••
••>@[236527779806897:274:O Que  Todas Mulheres Merecem]<•••

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

MÁGOAS

As mágoas ficam...por mais que tentamos esquecer.
Estão cravadas na alma,e torturam,fazem-nos mal...como se fossem uma
praga,sobem do coração á cabeça,e moem,retraçam...tiram o sono,tiram a
fome...as mágoas roem a alma.
Como se fosse uma dor,que doi,que moi...o analgesico não atua!
Está escondida,mirrada,acabrunhada,,..adormecida por momentos,depois
volta ...com mais força,mais dor,mais mágoa!
Vamos tentar viver sem ela,mas está lá,viva! como um calo,uma frida,uma
 queimadura...
Tentar "matar" a mágoa.....mas.a mágoa vai comigo,disfarçada,camuflada e
quem sabe "pintada"!!!

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

CINEMA

Cinema
Cloud Atlas: cinco séculos e três horas
Quando em 2004 o escritor irlandês David Mitchell concluiu "Cloud Atlas", não perdeu tempo a pensar na hipótese de adaptação ao cinema. Acolheria por isso com surpresa o convite dos realizadores/argumentistas Lana e Andy Wachowsky para colaborar na adaptação do argumento para um filme a contar ainda com a direção de Tom Twyker. Na certeza de que tal colaboração só poderia constituir uma enorme mais valia para ambas as versões.
"Cloud Atlas" revela-nos as vidas de várias personagens que ao longo de séculos se cruzam, se encontram e se perdem, num ciclo de nascimento e morte.
Empreendimento difícil e arriscado, a transposição de um livro que implica seis segmentos a serem geridos por três mãos, no entretecer de histórias que atravessam 500 anos de História, teria a sua aposta mais elevada na capacidade de transformar a riqueza e inovação literárias do original para uma linguagem cinematográfica equivalentemente fértil.
Fotograma
Também por isto, merece ser visto!
"Cloud Atlas" (164') estreia esta quinta-feira em Portugal
Susan Sontag, autora norte-americana já desaparecida, levantava-se contra a interpretação. O mundo, dizia, encheu-se de comentários. Vivemos de coisas em segunda mão e cada vez estamos mais distantes da fonte. Uma fé vivida aqui e agora não se deixa capturar pelo comentário mas antes de tudo ajuda-nos a ser. A fé tem de ser uma escola do olhar, do odor, do sabor, do sentir, da escuta. A espiritualidade não se separa dos sentidos, que são portas interiores para o encontro profundo com Deus. Precisamos de uma mística do quotidiano. Deus não vem ao nosso encontro numa praça que nunca visitámos nem bate a uma porta onde não estamos.

Deus é a nossa companhia,mesmo que não pedimos! Ajuda-nos mesmo que não queiramos!
Deus vem ao nosso encontro,quando estamos sós,quando estamos doentes,quando precisamos,
seja qual for o motivo.É bom termos Deus do nosso lado,é bom sabermos que não estamas sós,
é bom sentimos a presensa Dele,numa flor,no cantar dum pássaro,no sol que nos ilumina.até na
chuva que rega as plantas,limpa o pó do mundo...A espiritualidade está aqui no dia a dia da nossa
vida,na nossa mente,na nossa crença...no nosso Deus!

terça-feira, 27 de novembro de 2012

S.Teresa de Jesus

“O caminho de perfeição” de Teresa de Jesus: o poder de uma metáforaO título da obra de S. Teresa de Jesus, conhecida como “Caminho de perfeição”, está cheio de aberturas sugestivas a uma imensa riqueza de conteúdos humanos, culturais e espirituais. Enquanto usa a metáfora do caminho, remete para a conceção da vida humana como uma viagem, que dá unidade à diversidade de episódios e de experiências e decorre entre progressos e retrocessos, sucessos e fracassos, perdas e ganhos, conquistas e derrotas, ditas e desditas. Vista como metáfora da existência humana vivida ou por viver, o caminho aparece como narrativa com sentido.


 Depois de S.Teresa de Jesus,cair na nossa mente,não mais sai...ajuda a nossa vida atribulada...
A força e o nosso caminho tem que ter um modelo de santidade que emana o bem querer que transparesse numa existência de santidade.

domingo, 25 de novembro de 2012

A PAZ....

É o amor de Cristo que nos une.O amor criador,o amor salvador,o amor santificado.
O amor a Deus nos une para proclamarmos que a paz é o nosso sonho,o nosso desafio.
Á historias partilhadas de vidas sofridas,a ausência da paz.
Paz não é ausencia de guerra.Paz não é omissão.É ação.Paz é presença de amor.
De um amor que nos envolve,que nos protege,que nos prepara para um novo anuncio.
"Afinal,o que é a paz?".

Paz não é apenas a ausencia de guerra entre os países.

Paz é garantir que todas as pessoas tenham moradia,comida,
roupa,educação,saude,amor,comprienção,ou seja,boa qualidade
de vida.

Cada virtude vivida é um vício que se vence.
O ódio,a ofensa,a discordia,as duvidas,o erro,o desespero,a tristeza,as trevas,
são vencidas pelo amor,perdão,união,fé,verdade,esperança,alegria e luz.
É mais nobre consolar do que ser consolado. e nos faz mais felizes amar que ser
amados.
A conquista da paz se dá no cotidiano.Éa antecipação do paraíso.
 (do livro "Ágape")

sábado, 24 de novembro de 2012

LISBOA.!!!....Homenagem a Lisboa


A nossa LISBOA!!!
Os bairros antigos
A Mouraria,Alfama ,Bairro Alto ...
e a Lisboa moderna! As pontes,o rio maravilhoso rio...
tudo é belo...
Os pasteis de Belem!
 

CAMINHOS

O que te peço, Senhor, é a graça de ser./ Não te peço mapas, peço-te caminhos./ O gosto dos caminhos recomeçados,/ com suas surpresas, suas mudanças, sua beleza.A esperança cura, enquanto a desesperança adoece-nos», considera o padre José Tolentino Mendonça, em entrevista publicada esta quarta-feira no “Destak”. «Devemos rezar para abrir o coração à vontade de Deus. Rezar para viver bem, em plenitude, todos os momentos da vida, inclusivamente os de contradição, de ferida, de doença, de crise. Rezar para que sejamos capazes de tirar partido desses momentos», diz o diretor do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura. O vice-reitor da Universidade Católica sublinha também que é preciso dar mais tempo ao encontro com outros e com Deus: «O nosso ativismo às vezes é uma barreira na relação. Precisamos de uma pedagogia da audição, de nos escutarmos mais uns aos outros: há demasiada vida calada, vida submersa».

Esta prece é-me tão presisa!!!
De dia com os outros,vivendo
Calada,em surdina...
Vem o desespero medonho!
A vida é desfácil em tudo.
Não,tem coisas boas,se tem!
E as outras querem as suplantar!
Não deixo,não quero meu Deus!
De noite vêm fantasmas....
Povoam sem dó a alma desfeita,
de medo da crise do mundo!

 

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

BARCELONA


Nos arredores...
         Aldeias mediaveis


Foto: Peratallada





Aproveitado o tempo ....
Lindo!!!

Foto: Peratallada

David Garrett - Albinoni - Adagio


Adoro esta musica! De vez em quando enche-me! Quando estou mais
vazia!!!E outras maravilhas...o "resto" não conta,é bom ter uma boa audição!!!
Obrigada meu Deus!!! Foste tu que ma deste...

terça-feira, 20 de novembro de 2012

SAUDADES!!!!



As saudades é a vivencia dos "velhos"!
Quem não tem saudades ao ver fotos antigas?As pessoas que marcaram
 a minha juventude,os meus avós ,que eu adorei!!Os sons que preenchiam
os  meus ouvidos...a musica, as vozes,as  conversas...
Os serões de inverno,a ler.a tricotar...
As saudades esbatidas no tempo...á as saudades recentes...as coisas que perdi
as coisas que ganhei...as que eu vivi ´...as que deixei de viver...

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

SE.....

Se a minha alegria fosse eterna como eu queria....
Se a vida fosse cheia de amor como sonhei...
Se a paz fizese parte de mim como eu respiro...
Se a dor fosse abolida deste mundo...
Se a fome não fosse mais tormento para ninguem.
Se ser criança ,é ser o melhor que o mundo tem...
Se no mundo não ouvesse mais guerras nem mutilados
Se ser mulher é,ser eternamente mâe....
Se  feliz é um caminho eu quero caminhar...

 

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

AGRADECIMENTO

 Estou grata á S.Luzia pela recuperação a cem por cento das intervenções
 nos meus olhos!!!! Obrigada meu Deus,ouviste-me,ouviste S.Luzia...
No dia 11 de Outubro publiquei aqui,a pedir ajuda a S.Luzia "preciso de ti"dizia eu.
Estava dezesperada,agora estou bem!OBRIGADA MEU DEUS!!!

sábado, 3 de novembro de 2012

PESSOA!!!!!!!!!


Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
mas não esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo.
E que posso evitar que ela vá a falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e
se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar
um oásis no recôndito da sua alma .
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um 'não'.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo...

(Fernando Pessoa)

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

ORAÇÃO

Meu Senhor amado,eu agradeço o Teu sangue derramado.
Eu agradeço o calvário pelos meus pecados.Eu agradeço a Tua humildade  em
aceitar até ao fim a Tua missão.
Meu Senhor amado,o ódio não venceu o amor.
O ódio não pode vencer o amor,nunca!
Eu te peço pelos ódios que ainda frequentam os meus pensamentos.
Liberta-me,Senhor,do mal do ódio.Liberta-me Senhor,do mal da fofoca.
Liberta-me,Senhor do mal da ausência de amor.
Eu quero dizer sim ao projeto do amor.
Que a minha vida seja salva pela Tua vida e pelo meu sim.
Eu sou livre,Senhor.Tua vida faz-me livre.Tua Ressurreição faz-me live.
Meu Senhor amado,eis-me aqui,salvo e liberto pelo Teu sangue.
Eis-me aqui,salvo e liberto pela Tua glória.
Em Tuas mãos,Senhor,eu coloco as minhas ações e as minhas intenções.
Eu quero ser como João,cuidado pela Tua mãe.
Eu quero ser como João,responsável por cuidar e amar.
Eis-me aqui,Senhor,falho,pecador mas cheio de amor.
Faça-se em mim a Tua vontade,como Maria,com Maria.
Amém

EÇA ,ontem.hoje e sempre!!!!!!



Eça de Queirós escreveu em 1872
"Nós estamos num estado comparável apenas à Grécia: a mesma pobreza, a mesma indignidade política, a mesma trapalhada económica, a mesmo baixeza de carácter, a mesma decadência de espírito. Nos livros estrangeiros, nas revistas quando se fala num país caótico e que pela sua decadência progressiva, poderá vir a ser riscado do mapa da Europa, citam-se em paralelo, a Grécia e Portugal"
(in As Farpas)



 ACTUALISSIMO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1
A

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

domingo, 28 de outubro de 2012

BARCELONA....


Barcelona em festa!
Cidade encantada...uma mistura de sonho....
poesia em movimento....
 
Janelas embadeiradas!
 
A vida de cidade!!!!
Bairro Sarriá

VOU APRENDEndo....


São coisas que se vão aprendendo!!!ser feliz!
Porque está sol.,.temos almoço,....porque tenho onde escrever o que me vai na alma!
não escrevo o que quero....mas sim o que sinto!

sábado, 27 de outubro de 2012

ABSTRATICE...

Menos romantica...mais abstrata,.....!!! na sala de uma amiga....ela escolheu!!!Ficou
com a alegria que me apanhou naquela tarde...esquecida a tarde,ficou a tela
(acrilico)

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

DO OUTRO LADO...

Do outro lado da cidade tem uma rua.
Do outro lado da rua, tem uma cidade.
Na rua do outro lado, tem um ladorua
Na cidade da rua, tem lado ruacidade.

Do outro lado da rua, na cidade, tem a cidade, revestida
De passos apressados, e, bares com bocas embriagadas.
Tem o gosto destilando o deboche, e a curva da mocidade
Navegando entre os cios, por uma agitada promiscuidade.

Cidade e rua, tudo se mistura, em prantos ou galanteios.
Tem os ternos, e, as gravatas, desfilando em pleno dia.
Tem as noites, em dançantes-lenta, ao som de devaneios.
Tem as rimas em utopias, poesias e, o áureo do dia a dia.


 Achei este poema no blog HSC
Gostei,trouxe-o,também o queria "meu"
Penso que não se zanga a Doutora
Que eu admiro ,gosto e leio....

O SILENCIO


Será assim na nossa vida....no silencio encontramos DEUS!!!!

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

David Garrett performs Tico Tico - Short Video

Ai que alegria!!! Até parece....e se fosse?até onde vai a mente!!!! ainda doente...da-me força quando penso...até eu querer!!!!

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

FARRAPO DE ESRANÇA!!

Depois de perder tudo ou quase tudo...o que resta?
Resta um farrapo de mim,um farrapo de vida,um farrapo de gente...
Um farrapo de sonho,um farrapo de esperança!!!

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Barcelona


Foto: Barcelona desde o parque natural Collserola
O prelongamento de mim,está aqui...
Foi sempre linda a cidade
O Mediterranio a banha docemente,
mas agora,o meu coração bate "aqui"...
e bate tanto...não sei viver sem essas batidelas
O meu olhar só olha "para aqui"
Nem  vejo...será de tanto querer ver?
Nem vivo...será de tanto querer viver...
Nem sonho...será de tanto querer sonhar...
 

Hit the road Jack!

OURO SOBRA AZUL"
UM SERÃO DIFERENTE....

Caetano Veloso - Sozinho

Contagiando....
Sonhando...chorando...morrendo...cantando....

domingo, 21 de outubro de 2012

SOL NA ALMA

Não á ninguem neste "saet"...
Não á velhos,não á novos
Onde estão?
As mulheres estão no café tagarelando,
fazem bem!!!ou foram ó shoping?
Os homens foram á caça,jogam ás cartas...
Eu tenho a solidão...
Numa porta fechada por fora...
Onde não á sol,não á risos.
Á sonhos grandes de mais
Fantazias,quimeras,palhaços...
Á bravuras nas lutas virtuais.
Desgraças na mente doente
Ódios amordaçados,retraidos
Nem sempre á bondade,aceitação...
Onde está a beleza duma flor?
De um sorriso "amarelo",de dó?
Não quero dó,nem ré...só sol!
Sol na alma,na varanda,na vida...

CARIDADE

A caridade ´´e o dom maior que Deus consedeu aos homens ;´´e a sua promessa e a nossa esperança.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

O bem vence o mal....

O mal não pode vencer o bem.As atrocidades incomodam,se a banalização da violência nos assusta,é preciso ir mais além.Alem do que os nossos olhos alcançam,além do que os nossos sentidos captam.É preciso ir muito além e chegar ao recondito do nosso coração,onde só a linguagem da alma,dos sentimentos,da simplidade da fé é capaz de alcançar.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

A visit to Istanbul


Istanbul, Turkey: The Blue Mosque


ÁS VEZES....

Ás vezes temos oportunidade de mentir para o nosso coração,ele chama-nos a atenção para uma questão essencial. Ás vezes temos oportunidade de enganar as pessoas,de inventar histórias,de nos desculpar culpando outros,mas,na solidão dos nossos sentimentos,sabemos que a verdade inventada não é a verdade real.
Há em nós uma centelha divina que é a consciência e que nos aponta o que fazer e como fazer.
Um mundo que se baseia no "ter" ,e não no "fazer",é um mundo incompativel com a ética cristã.
O sentimento de inferioridade profocado pela sensação de derrota é desnecessário.
Viver é a grande vitória. E viver com ética o caminho para a felicidade.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

UM SERÃO

Á dias fiz um programa que já imenso tempo não faço.
Tenho sempre ums dramalhões de faca e alguidar,mas desta vez....
No sábado á tarde,o  meu mais que tudo disse-me que tinha bilhetes para a tourada em Santarém!
Primeira minha reação"nem pensar...vai tu!"
Entretanto amaduroci a ideia,ficava só em casa...apronteime e ao fim da tarde lá fomos mais um casal amigo.
Fomos a Almeirim,á sopa da "pedra" e mais uma ementa de lhe tirar o chapéu!!!
Animada também do bom vinho...chegou a hora da tourada!
Eu que tenho que levar a minha "perna" de pau,que me doi que se farta,lá fui...
o jantar bem regado e animado ajudou ás melhoras dos "malados".
A entrada na praça de touros foi acidentada,muita gente e poucas portas abertas...
Havia lá uma  porta só se abriu (eu vi)para entrar um homem (bem vestido) mas não tinha em perna nenhuma,mazela que se vice!e eu ali estive naquela multidão, mas fui,custou um pouco ,mas digo não há civismo!! me trataram  como estivesse boa!!!o que eu gostava,se gostava!!
Mas divertime,gostei da tourada....os cavalos são sempre lindos,adoro os cavalos!!! é o que mais gosto neste espetáculo...
Saí da praça quase no fim,desta vez não houve atropelos...
Dei-me bem nesta saida ....portou-se lindamente o meu achaque...posso ir mais vezes!!!!

domingo, 14 de outubro de 2012

extrato de poema

valioso tempo dos maduros
Poema de Mário de Andrade

Contei meus anos
E descobri que terei menos tempo

BARCO PARADO

Vai esperndo a maré....
enquanto não vem,vai sonhando
O outono ...
As folhas douradas
O rio sem água...á pedras
Á fenos que enfeitam
A fantazia bocólica
E a imagem vermelha
A vide que morre
Do vida envergonhada
da falta de vida!!
Juntar as coisas boas e as ruíns todas no mesmo saco....depois mistura, muito bem...
Por mais voltas que dé,fica sempre a dor,a solidão,a doença maldita ao de cimo....
Vem o sol,o rei da criação,da beleza,a cor,o brilho....vem sem esquecer nada....
Volto a baralhar como se fosse um baralho de cartas...sai-me sempre o ás de paus.
Que inferno,odeio destroços....é o que eu sou!não consigo fugir,vá para onde for vai
tudo comigo....até penso notra galáxia! quem sou eu?? miseravel das miseraveis!
esquecida do mundo, esquecida da vida,esquecida de mim....

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

UM LUTO

 O meu luto já chegou....o meu desesperou,a minha instabelidade,a minha tristeza me alimenta como uma  refeição que como sem gostar,uma sobremesa amarga e um café queimado...aliáz é muito pior que isso tudo junto.
Chegou,tinha que chegar,depois de varias ameaça....aguento uma semana,um més ou o resto da vida?
O programa é dificel.. melhor é nem pensar! mas como? este desafio que Deus me oferece...Não.... sei que estou confusa,terrivelmente assustada...e vamos continuar o luto...é luto por mim,pelos olhos e não é de animo leve,já chorei,irei chorar muito mais..a seguir.virá a revolta...
Talves venha um dia de calmaria,de aceitação? É isso tudo? não chegará a tanto?Quem sabe? Estou triste...sofrer de antecipação?


Triseza não ter fim.......